.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>

sábado, 22 de maio de 2010

... e o sapo 

Ao que parece, também, o tal cavalheiro teve de engolir um sapo, consta que por causa da conjugação astral que fez passar a "ética da responsabilidade" na casa da "crise que o país atravessa" o que, como toda a gente sabe, é muito propício ao amor e à felicidade conjugal.

Com a tripla bênção do PBXVI (uma em cada uma das três missas a que assistiu na semana anterior), o cavalheiro acabou por promulgar uma lei com a qual não concorda, assim como quem diz «vou, mas contrariado».

Isto diz muito de um homem, eu sei, mas a verdade é que não diz nada que nós já não soubéssemos.

Comentários:
=) é bom voltar a "ler-te".

a postura do senhor anibal cavaco silva fez-me lembrar a minha, quando em pequena não queria comer o feijão verde, o prato voltava para a cozinha, na refeição seguinte voltava para a mesa e assim até comer o feijão verde. Pedagógico ou não, hoje adoro feijão verde.

O nosso caro presidente da republica só teve de comer um prato que iria regressar sempre até ser comido.

=)
beijinho

s.*
 
Esta história de ter engolido um sapo é óbvia! Ele precisava de engolir um sapo para este engolir as moscas! É como as matrioskas ;)
 
Enviar um comentário


Links to this post:

Criar uma hiperligação

Somos altos, baixos, magros, gordinhos, extrovertidos, introvertidos, religiosos, ateus, conservadores, liberais, ricos, pobres, famosos, comuns, brancos, negros... Só uma diferença : amamos pessoas do mesmo sexo. Campanha Digital contra o Preconceito a Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros. O Respeito ao Próximo em Primeiro Lugar. Copyright: v.


      
Marriage is love.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

referer referrer referers referrers http_referer