.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

A Gayja pergunta e a Mente responde 

Querida Menina Gayja,

Pois então, quer V. Exa. saber qual é a música que liberta em mim aquela "bicha maluca" que todos temos dentro de nós, não é verdade?

Sobre o assunto tenho a dizer, antes de mais, que a «bicha maluca» nem sempre está dentro de mim, muitas vezes está cá fora, umas vezes mais «bicha» do que «maluca», outras vezes mais «maluca» do que «bicha», mas no fundo, sempre completamente «bicha» e sempre completamente «maluca».

Como é consabido, eu embirro, entre outras coisas, com os vídeos do You Tube e por isso nunca postei nem postarei um aqui no estaminé, pelo que este post não será excepção.

Faça, pois, o favor de ir espreitar aqui para ouvir a versão original e aqui para ouvir uma interessan-if-you-know-what-i-mean-tíssima versão, que eu prefiro, obviamente.

Posso afiançar-lhe que já me cantarolaram esta canção ao ouvido (mais ao estilo da versão do que do original) e o efeito é soltar muito mais do que a «bicha maluca» que eu tenho dentro de mim... ;)

Olhe, e já agora, se por acaso quiser dar um pézinho de dança ao som deste som, avise, sim? Eu adoraria soltar a «bicha maluca» que tenho dentro de mim consigo... ;)

Beijinhas da
Mente Assumida.

Comentários: Enviar um comentário


Links to this post:

Criar uma hiperligação

Somos altos, baixos, magros, gordinhos, extrovertidos, introvertidos, religiosos, ateus, conservadores, liberais, ricos, pobres, famosos, comuns, brancos, negros... Só uma diferença : amamos pessoas do mesmo sexo. Campanha Digital contra o Preconceito a Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros. O Respeito ao Próximo em Primeiro Lugar. Copyright: v.


      
Marriage is love.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

referer referrer referers referrers http_referer