.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>

quinta-feira, 26 de julho de 2007

Disparates, disse ela - comentário 8 (e último) 

Citação:
«Não seria melhor aplicar os dinheiros públicos na sensibilização e correcção destas formas de desigualdade de oportunidades, em vez de os investir no marketing da ideologia gay?».

Comentário:
E quanto às páginas dos jornais, não seriam elas também melhor aproveitadas e não serviriam melhor a sociedade se dessem espaço a pessoas que sabem do que é que estão a falar e, principalmente, a pessoas que estão verdadeiramente interessadas em corrigir as desigualdades e não em atacar os outros pelo simples facto de eles não se limitarem a aceitar o que lhes dão quando o que lhes dão é injusto e insuficiente e quando, acima de tudo, merecem mais, muito mais, deste Estado do qual são parte integrante? Eu acho que sim.
Já agora, essa coisa da "ideologia gay" é pomposa mas não existe. O que existe é a ideologia dos Direitos Humanos, porque seres humanos somos todos, hetero, lés, gays, trans, bi.

Capice?

Comentários: Enviar um comentário


Links to this post:

Criar uma hiperligação

Somos altos, baixos, magros, gordinhos, extrovertidos, introvertidos, religiosos, ateus, conservadores, liberais, ricos, pobres, famosos, comuns, brancos, negros... Só uma diferença : amamos pessoas do mesmo sexo. Campanha Digital contra o Preconceito a Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros. O Respeito ao Próximo em Primeiro Lugar. Copyright: v.


      
Marriage is love.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

referer referrer referers referrers http_referer