.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>

quinta-feira, 16 de novembro de 2006

Dia Internacional para a Tolerância 

O Dia Internacional para a Tolerância é uma chamada universal a uma das maiores virtudes da humanidade. A tolerância implica um empenhamento activo e a compreensão da riqueza e da diversidade da humanidade. Nas sociedades actuais, cada vez mais multiétnicas e multiculturais, constitui um dos princípios fundamentais da democracia e o fundamento da coexistência pacífica entre os povos.
Contudo, a intolerância continua a envenenar a existência de milhões de pessoas em todo o mundo. Ao longo dos últimos anos, fomos testemunhas da violência extrema com que se pode manifestar a intolerância, através de incontáveis mortes e grande sofrimento. É por essa razão que a tolerância deve estar no cerne das prioridades da UNESCO e das Nações Unidas.
[...] a tolerância não é nem concessão, nem condescendência, nem indulgência, mas sim uma atitude positiva de respeito e de reconhecimento mútuo, animada pelo reconhecimento dos direitos universais da pessoa humana e das liberdades fundamentais.
[...] a intolerância assenta sobretudo no medo: medo do desconhecido, medo da diferença, medo do outro. A ignorância e a ausência de educação estão na raiz destes medos. A educação de qualidade constitui o meio mais eficaz para prevenir a intolerância. É fundamental que as nossas crianças aprendam a tolerância, por forma a que possam compreender as razões pelas quais o respeito dos direitos da pessoa, da dignidade humana e da diversidade da humanidade são indissociáveis. Devemos contudo assegurar-nos de que o próprio ensino esteja isento do vírus da intolerância. A educação deve ensinar às pessoas quais os direitos e liberdades partilham, para que cada um possa respeitá-los e usufruí-los.
Neste Dia Internacional para a Tolerância pratiquemos activamente, ao nível individual, os princípios que desejamos ver universalmente respeitados, pois as acções em defesa da tolerância começam em cada um de nós.

Excertos da mensagem de Koïchiro Matsuura, Director geral da UNESCO, por ocasião do Dia Internacional para a Tolerância, 16 de Novembro de 2006.


A propósito da comemoração do Dia Internacional para a Tolerância, promovido pela UNESCO, convém lembrar que A HOMOFOBIA TAMBÉM É UMA FORMA DE INTOLERÂNCIA e que o véu da diferença não passa de uma fina película que esconde, afinal, a igualdade de todos os seres humanos.

Nota: post escrito com um olho no computador e outro na televisão, para não perder pitada da conversa do Dr. Pedro Santana Lopes com a jornalista Judite de Sousa acerca dos acontecimentos relacionados com a dissolução da Assembleia da República e consequente queda do seu governo. Só para que se saiba o quão tolerante eu sou... ;) [risos]

Comentários: Enviar um comentário


Links to this post:

Criar uma hiperligação

Somos altos, baixos, magros, gordinhos, extrovertidos, introvertidos, religiosos, ateus, conservadores, liberais, ricos, pobres, famosos, comuns, brancos, negros... Só uma diferença : amamos pessoas do mesmo sexo. Campanha Digital contra o Preconceito a Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros. O Respeito ao Próximo em Primeiro Lugar. Copyright: v.


      
Marriage is love.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

referer referrer referers referrers http_referer