.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>

sábado, 3 de setembro de 2005

Morder o anzol. 

Os acontecimentos ocorridos em Portugal a propósito das eleições presidenciais têm-me feito pensar que a actividade política portuguesa não é mais do que um espelho da bonomia que se instalou em todas as áreas, em todo o país.
Os candidatos presidenciáveis são os "homens providenciais" dos partidos a que estão ligados e o cunho partidário numas eleições que deveriam ser, precisamente, apartidárias, empobrece-as, sem mais. Não tenho tempo, nem paciência, nem vontade de discorrer muito mais sobre este assunto...
Se calhar, também eu me deixei contagiar pelo marasmo português... Mas a verdade é que a intenção deste post é apenas a de explicar o porquê de, a partir de hoje os Rádio Macau passarem a ser "os donos" da grafonola das Mentes. A escolha recaiu sobre "O Anzol", porque parece mesmo que «já não há nada de novo aqui, debaixo do sol»...

E tu, vais morder "o anzol"?


O Anzol
(Letra e Música: Rádio Macau)

Ai eu já pensei mandar pintar o céu
Em tons de azul, p'ra ser original.

Só depois notei que azul já ele é,E tu, vais morder o anzol?
Houve alguém que teve ideia igual.

Eu não sei se hei-de fugir
Ou morder no anzol,
Já não há nada de novo aqui,
Debaixo do sol.


Já me persegui por becos e ruelas
De horror, caminhos sem saída.

Até que me perdi sozinha, sem saber
De que cor pintar a minha vida.

Eu não sei se hei-de fugir
Ou morder no anzol,
Já não há nada de novo aqui,
Debaixo do sol.

Comentários: Enviar um comentário


Links to this post:

Criar uma hiperligação

Somos altos, baixos, magros, gordinhos, extrovertidos, introvertidos, religiosos, ateus, conservadores, liberais, ricos, pobres, famosos, comuns, brancos, negros... Só uma diferença : amamos pessoas do mesmo sexo. Campanha Digital contra o Preconceito a Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros. O Respeito ao Próximo em Primeiro Lugar. Copyright: v.


      
Marriage is love.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

referer referrer referers referrers http_referer