.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>

segunda-feira, 25 de outubro de 2004

Regressando a Coimbra. 

Gostava de me espraiar aqui sobre tudo quanto aprendi em Coimbra. Sobre o significado da palavra "tradição", tão distante do sentido reaccionário que muitos tentam atribuir-lhe. Sobre o modo como, desde tempos imemoriais, professores e alunos estabeleceram um pacto de não agressão mútua: os estudantes manifestam sem atacar, os professores assistem sem intervir. Sobre o modo como a sessão solene de abertura das aulas sempre foi um dos momentos mais significativos, por tudo o que tem de simbologia, no início do ano lectivo. Sobre o modo como o fado sempre foi usado como a mais alta forma de protesto na Academia.
Não gostava, obviamente, de ter que admitir, aqui ou em qualquer outro lugar, que tudo isto que aprendi e que faz de Coimbra uma Universidade especial, foi simplesmente ignorado por quem tem neste momento as rédeas da Direcção da Associação Académica.
Mas porque inevitavilidades acontecem, hoje dou por mim do outro lado da barricada (como, sei-o de fonte segura, estarão hoje muitos alunos da Universidade), a rir, como nunca pensei rir, com um comentário do meu (not so much) velho mestre.
É que é mesmo este o tipo de humor que me faz sorrir:

Parece que a AAC vai desencadear uma acção judicial contra a polícia, por ela ter impedido aleivosamente os estudantes de exercer o seu direito fundamental a invadir a reunião do Senado da Universidade de Coimbra; e contra a própria UC, por o Senado da mesma ter deslealmente tomado decisões sem esperar pela invasão dos estudantes, violando assim o seu direito de interrupção.
Realmente já não há respeito nenhum pelos direitos dos oprimidos...

(by VM in Causa Nossa)


Comentários: Enviar um comentário


Links to this post:

Criar uma hiperligação

Somos altos, baixos, magros, gordinhos, extrovertidos, introvertidos, religiosos, ateus, conservadores, liberais, ricos, pobres, famosos, comuns, brancos, negros... Só uma diferença : amamos pessoas do mesmo sexo. Campanha Digital contra o Preconceito a Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros. O Respeito ao Próximo em Primeiro Lugar. Copyright: v.


      
Marriage is love.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

referer referrer referers referrers http_referer