.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>

sábado, 21 de agosto de 2004

E a propósito de publicidade infeliz... 


... recordei-me agora do spot publicitário do novo modelito (ito mesmo, porque o acho horroroso...) da Suzuki. Um jovem adolescente, que muito provavelmente nem idade para conduzir legalmente habilitado para tal tem, enfrenta os pais dizendo que eles terão de aceitar a sua relação com o "Jimny". Reacções da família ideal, a única que pode entrar num anúncio televisivo, ou seja, um pai, uma mãe (exactamente por esta ordem, porque nestas coisas há que mostrar quem manda e as calças fazem diferença), um filho mais velho (rapaz, pujante, protector da irmã, etc.), e a filha mais nova: o primeiro retorce-se na cadeira, a segunda arregala os olhos, escandalizada, a terceira deixa escapar uns risinhos infantis com a "novidade" transmitida pelo mano... Continua o jovem: "É muito importante para mim. Vocês vão ter de aceitar!"... e, afinal, quando os mais incautos estariam a pensar que aquela publicidade seria uma promoção à igualdade, aparece ele, o "Jimny" - nada mais, nada menos, do que uma imitação de jeep, muito ao estilo dos anteriores modelos da marca...

Mobilizar uma ideia tão séria e tão importante como a que ficou sub-entendida ao longo do spot (o coming out perante a família) é baixo, rude, insensível e desprezível. Só espero é que as vendas do modelo correspondam à pobreza da ideia... E, já agora, não compre um "Jimny" - é feio.


Comentários: Enviar um comentário


Links to this post:

Criar uma hiperligação

Somos altos, baixos, magros, gordinhos, extrovertidos, introvertidos, religiosos, ateus, conservadores, liberais, ricos, pobres, famosos, comuns, brancos, negros... Só uma diferença : amamos pessoas do mesmo sexo. Campanha Digital contra o Preconceito a Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros. O Respeito ao Próximo em Primeiro Lugar. Copyright: v.


      
Marriage is love.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

referer referrer referers referrers http_referer