.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>

sexta-feira, 2 de julho de 2004

In memoriam 

Sophia de Mello Breyner Andresen



A Hora da Partida

A hora da partida soa quando
Escurecem o jardim e o vento passa,
Estala o chão e as portas batem, quando
A noite cada nó em si deslaça.
A hora da partida soa quando
As árvores parecem inspiradas
Como se tudo nelas germinasse.

Soa quando no fundo dos espelhos
Me é estranha e longínqua a minha face
E de mim se desprende a minha vida.





Sophia de Mello Breyner Andresen
(06.IX.1919 - 02.VII.2004)



Obras Publicadas
"Poesia" (1944), edição de autor - reeditado pela Ática em 1975
"O Dia do Mar" (1947), Ática
"Coral" (1950), Livraria Simões Lopes
"No Tempo Dividido" (1954), Guimarães
"O Rapaz de Bronze" (1956), Minotauro (literatura infantil)
"Mar Novo" (1958), Guimarães
"A Menina do Mar" (1958), Figueirinhas (literatura infantil)
"A Fada Oriana" (1958), Figueirinhas (literatura infantil)
"Noite de Natal" (1960), Ática (literatura infantil)
"Poesia e Realidade" (1960), publicado na «Colóquio 8» (ensaio)
"O Cristo Cigano" (1961), Minotauro.
"Livro Sexto" (1962), Salamandra
"Contos Exemplares" (1962), Figueirinhas (ficção)
"O Cavaleiro da Dinamarca" (1964), Figueirinhas (literatura infantil)
"Geografia" (1967), Ática
"A Floresta" (1968), Figueirinhas (literatura infantil)
"Antologia Portugália" (1968), Figueirinhas
"Grades" (1970), D. Quixote
"Dual" (1972), Moraes
"O Nu na Antiguidade Clássica" (1975) integrado em "O Nu e a Arte", Estúdios Cor (ensaio)
"O Nome das Coisas" (1977), Moraes
"O Tesouro" (1978), Figueirinhas (literatura infantil)
"Navegações" (1983), Imprensa Nacional-Casa da Moeda
"Histórias da Terra e do Mar" (1984), Salamandra (ficção)
"A Árvore" (1985), Figueirinhas (literatura infantil)
"Ilhas" (1989), Texto
"Obra Poética" (1990), III Volumes, Editorial Caminho
"Musa" (1994), Editorial Caminho
"Signo" (1994) Presença/Casa Fernando Pessoa (livro/disco com poemas lidos por Luís Miguel Sintra)
"O Búzio de Cós e Outros Poemas" (1998)

Prémios
Grande Prémio de Poesia da Sociedade Portuguesa de Escritores, 1964 (pelo livro "Canto Sexto")
Prémio Teixeira de Pascoaes, 1977 (pelo livro "O Nome das Coisas")
Prémio da Crítica da Associação Internacional de Críticos Literários, 1983 (pelo conjunto da obra)
Prémio D. Dinis da Fundação da Casa de Mateus, 1989 (pelo livro "Ilhas")
Grande Prémio de Poesia Inasset/Inapa, 1990 (pelo livro "Ilhas")
Grande Prémio de Poesia do Pen Club, 1990 (pelo livro "Ilhas")
Grande Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura para Crianças, 1992 (pelo conjunto da obra)
Prémio "Vida Literária" da Associação Portuguesa de Escritores, 1994
Placa de Honra do Prémio Petrarca, da Associação de Editores Italianos, 1995
Homenageada do Carrefour des Littératures na IV Primavera Portuguesa de Bordéus e da Aquitânia, 1996
Prémio da Fundação Luís Miguel Nava, 1998 (pelo livro "O Búzio de Cós e Outros Poemas")
Prémio Camões, 1999 (pelo conjunto da obra)


Comentários: Enviar um comentário


Links to this post:

Criar uma hiperligação

Somos altos, baixos, magros, gordinhos, extrovertidos, introvertidos, religiosos, ateus, conservadores, liberais, ricos, pobres, famosos, comuns, brancos, negros... Só uma diferença : amamos pessoas do mesmo sexo. Campanha Digital contra o Preconceito a Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros. O Respeito ao Próximo em Primeiro Lugar. Copyright: v.


      
Marriage is love.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

referer referrer referers referrers http_referer