.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>

terça-feira, 9 de setembro de 2003

Assumidamente ex tempore 


Hoje os dedos não correm... falham-me as palavras! Esta chuva que não parou de cair o dia inteiro toca-me dentro, na alma. É incrível o poder que a chuva exerce nas nossas vidas: o trânsito aumenta, o Sol esconde-se e com ele as pequenas maravilhas que nos habituámos a apreciar nos longos dias de Verão, os corpos tapam-se e os sorrisos fecham-se... Pelo menos o meu!
Detesto chuva! Principalmente esta chuva que vem sem se fazer anunciar só para implicar com os bronzeados felizes e para nos estragar a vida, os planos, os sonhos e projectos... Completamente fora de tempo...
Ou será que a chuva até está cá no tempo certo e eu é que estou aqui completamente "ex tempore"?
Confesso, é assim que me sinto hoje: "an alien", não em Nova Iorque mas no sistema solar em geral... Que ventos são estes que se levantam assim vindos do nada só para contrariar? Que tempestades são estas em direcção à diferença? Quem está bem no meio deste mar de anarquia? De quem é este tempo, que não é meu?

Não sei de quem é o tempo! Sei que gostava que "chovesse" menos na cabeça das pessoas... Talvez se tal acontecesse não tivesse que estar aqui sozinha a ouvir a chuva a cair e a ansiar pela chegada do "meu tempo": o tempo em que a chuva pare e nós possamos livremente gozar todas as estações do ano com quem efectivamente queremos!




Links to this post:

Criar uma hiperligação

Somos altos, baixos, magros, gordinhos, extrovertidos, introvertidos, religiosos, ateus, conservadores, liberais, ricos, pobres, famosos, comuns, brancos, negros... Só uma diferença : amamos pessoas do mesmo sexo. Campanha Digital contra o Preconceito a Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros. O Respeito ao Próximo em Primeiro Lugar. Copyright: v.


      
Marriage is love.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

referer referrer referers referrers http_referer