.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>

terça-feira, 19 de setembro de 2006

A ler 


«Foi assim que começou. Eu inclinei-me para a frente e beijei-lhe o pescoço. Foi errado. Eu já não era um cidadão vulgar. Havia oficiais do Estado estacionados lá fora. Mas eu peguei na mão do Golan e conduzi-o escada acima...»


Assim começam as confissões de James McGreevey, ex-governador de New Jersey (apresentou a renúncia ao cargo em Novembro de 2005). Vale a pena ler este corajoso relato na primeira pessoa do cidadão que afirmou perante o mundo: «And so my truth is that I am a gay American.» e do político que foi forçado a abdicar das suas conquistas pelo facto de, enquanto ser humano, ser homossexual.
O (longo) artigo está disponível no site da New York Magazine.

:: ADENDA (em 22.09.2006, às 01h33) - Porque me parece importante uma outra visão da "história", e aqui cabe-me esclarecer que não acompanhei ao pormenor este caso aquando da sua ocorrência em Novembro de 2005, deixo aqui transcrito o comentário deixado pelo Zigtai acerca deste assunto. Convém lembrar que há sempre, pelo menos, duas versões para cada acontecimento... Disse o Zig:
«Cuidado que este senhor é um lobo com pele de cordeiro. A única razão para ter "saído do armário" foram as ameaças que sofreu por ter colocado pessoas sem qualificações em altos cargos, em troca de favores sexuais. Já para não contar ter deixado New Jersey de rastos quando se demitiu, tendo até conseguido virar contra si os próprios aliados políticos. E isto não tem nada a ver com o facto de ser homossexual. É pura incompetência e falta de carácter.
Agora, volta a re-emergir com ar de coitadinho reprimido distorcendo a história a seu favor para facturar com o novo livro. E quem sabe, esperar que o povo se esqueça do passado e lhe dê uma nova chance. Livra!»

Agora cabe a cada um recolher a informação que entender necessária e formar a sua própria própria opinião, ressalvando que nunca foi meu objectivo, através deste post, induzir quem quer que fosse em erro. ::

Comentários: Enviar um comentário


Links to this post:

Criar uma hiperligação

Somos altos, baixos, magros, gordinhos, extrovertidos, introvertidos, religiosos, ateus, conservadores, liberais, ricos, pobres, famosos, comuns, brancos, negros... Só uma diferença : amamos pessoas do mesmo sexo. Campanha Digital contra o Preconceito a Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros. O Respeito ao Próximo em Primeiro Lugar. Copyright: v.


      
Marriage is love.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

referer referrer referers referrers http_referer