.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>

quarta-feira, 30 de agosto de 2006

Por acaso, já desconfiava... 

... mas agora, passo a ter a certeza.

«Morrer de amor é possível. A confirmação chega através de um estudo científico que comprova o que há muito defende a voz do povo. Mas se há quem não resista à perda da cara-metade, sobreviver é possível. Com apoio e muita força.»

Este é o lead da notícia publicada hoje no Correio da Manhã, a qual vale a pena ler ingralmente aqui).

Comentários: Enviar um comentário


Links to this post:

Criar uma hiperligação

Somos altos, baixos, magros, gordinhos, extrovertidos, introvertidos, religiosos, ateus, conservadores, liberais, ricos, pobres, famosos, comuns, brancos, negros... Só uma diferença : amamos pessoas do mesmo sexo. Campanha Digital contra o Preconceito a Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros. O Respeito ao Próximo em Primeiro Lugar. Copyright: v.


      
Marriage is love.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

referer referrer referers referrers http_referer