.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>

terça-feira, 28 de junho de 2005

Evocando Stonewall 

Comemorações do primeiro aniversário dos confrontos em Christopher Street
Comemorações do primeiro aniversário dos confrontos ocorridos em Christopher Street,
no bar Stonewall a 28 de Junho de 1969, aquele que ficou conhecido como "Gay Liberation Day"



Faz precisamente hoje 36 anos que as lésbicas e os gays que estavam reunidos no bar Stonewall gritaram "Basta!" à opressão, à violência, à discriminação e à homofobia. A partir de então iniciou-se o que ficou conhecido como "Movimento pela Luta dos Direitos dos LGBT", que procura transformar este "mundo louco" em que vivemos num local mais igualitário e menos preconceituoso. Trinta e seis anos volvidos, a reivindicação já deu alguns frutos, mas ainda há muitos LGBT que vivem oprimidos por amarras que lhes são impostas. Hoje evocamos Stonewall e evocamos todos os que continuam a gritar silenciosamente.

Na grafonola das "Mentes" soa agora Mad World, pela voz de Gary Jules... Porque o mundo em que vivemos ainda é demasiado estreito para a liberdade de todos.


All around me are familiar faces
Worn out places
Worn out faces
Bright and early for the daily races
Going no where
Going no where
Their tears are filling up their glasses
No expression
No expression
Hide my head I wanna drown my sorrow
No tomorrow
No tomorrow
And I find I kind of funny
I find it kind of sad
The dreams in which I’m dying are the best I’ve ever had
I find it hard to tell you
I find it hard to take
When people run in circles its a very very
Mad world
Mad world
Children waiting for the day they feel good
Happy birthday
Happy birthdayGary Jules
And I feel the way that every child should
Sit and listen
Sit and listen
Went to school and I was very nervous
No one knew me
No one new me
Hello teacher tell me what’s my lesson
Look right through me
Look right through me
And I find I kind of funny
I find it kind of sad
The dreams in which I’m dying are the best I’ve ever had
I find it hard to tell you
I find it hard to take
When people run in circles its a very very
Mad world
Mad world
Enlarging your world
Mad world

Comentários: Enviar um comentário


Links to this post:

Criar uma hiperligação

Somos altos, baixos, magros, gordinhos, extrovertidos, introvertidos, religiosos, ateus, conservadores, liberais, ricos, pobres, famosos, comuns, brancos, negros... Só uma diferença : amamos pessoas do mesmo sexo. Campanha Digital contra o Preconceito a Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros. O Respeito ao Próximo em Primeiro Lugar. Copyright: v.


      
Marriage is love.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

referer referrer referers referrers http_referer