.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>

sábado, 16 de abril de 2005

Por pedras sujas e gastas... 

... Calcorreio estas ruas vezes sem fim, sempre com o mesmo pensamento a invadir-me o espírito: é impossível estar na segunda maior cidade do país.
Não cheira a Europa por aqui, não se vê modernidade, não se sente futuro. Trezanda a pobreza esta cidade, a sombras de homens aninhados em cobertores abrigados pelas alçadas de prédios velhos e sujos, a cidade cheira a mofo. Durante o dia os carros atrapalham-se, acumulam-se caoticamente e todos os dias as ruas rebentam um bocadinho mais pelas costuras. O fumo dos carros confunde-se com o fumo dos cigarros stressados, das pessoas que se empurram nas ruas, sem tempo para pararem, sem tempo sequer para sorrirem... procuro com o olhar o tripeiro simpático, afável, carinhoso e hospitaleiro, mas nunca o encontro, tento concretizar o rosto do mito do povo nortenho acolhedor mas cada vez mais acredito que é apenas isso: nada mais que um mito.
À noite a prostituição invade as ruas de modo declarado, sem espanto ou surpresa alguma. Como se fosse suposto, como se não fosse a mesma cidade sem aqueles homens e mulheres por ali... quantas vezes me perguntei já se não terão sido critério para a classifcação da zona histórica como Património Mundial!
A sujidade essa, está sempre presente, de manhã, à tarde e à noite... como se o Porto deixasse de ser o Porto se as pedras fossem substituídas ou lavadas, se os seus pobres deixassem de ser tão pobres, se a miséria fosse menos miserável!
Confesso que nunca fecho de modo irredutível as portas aos encantos de uma cidade. Mas confesso também que, ou a cidade muda muito, ou então dificilmente conseguirei algum dia sentir-me sequer enternecida por este Porto que parece ter ficado preso na história, algures na Idade da Média...
Sem dúvida, a imagem mais bela deste Porto entristecido é a que se segue... a que se vê de longe.. tão bonita quanto metafórica, a lembrar que o melhor que o Porto tem é só mesmo isso: uma miragem!

Seja como for, descobri através do Acuso! "2" este blog, que pretende passar do Porto a imagem de uma cidade surpreendente... vou tornar-me visita regular... quem sabe me surpreenda!

Comentários: Enviar um comentário


Links to this post:

Criar uma hiperligação

Somos altos, baixos, magros, gordinhos, extrovertidos, introvertidos, religiosos, ateus, conservadores, liberais, ricos, pobres, famosos, comuns, brancos, negros... Só uma diferença : amamos pessoas do mesmo sexo. Campanha Digital contra o Preconceito a Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros. O Respeito ao Próximo em Primeiro Lugar. Copyright: v.


      
Marriage is love.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

referer referrer referers referrers http_referer