.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>

sábado, 22 de janeiro de 2005

Incoerências?! 

La Palisse não o diria melhor: o inevitável acaba sempre por suceder. E inevitável seria ouvir, durante esta alegre campanha, referências mais ou menos veladas à vida privada dos candidatos.
Não pretendo aqui analisar a eventual existência de um direito de fazer o "coming out" dessas figuras, nem sequer pretendo analisar se o "direito à indiferença" (muito bem) apregoado pela ILGA não terá que aplicar-se também a esses senhores.
Aquilo que me causa espécie e me leva a lançar este post em jeito de pedido de esclarecimento é o facto de ouvir e ler hetero e homossexuais denunciarem uma pseudo-incoerência entre a vida privada dos políticos homossexuais e a moralidade/conservadorismo que pretendem transmitir em público, quase como se dissessem "Vês? Diz-se todo bonzinho e vai-se a ver é homossexual".
O facto não é de hoje. Já em inúmeras conversas ouvi frases do género, a transmitir a ideia de que, por muito clean que seja a imagem pública de uma pessoa, essa imagem ficará sempre maculada com o trágico "... ah pois é, mas é homossexual!".

Pensarão os autores (as mais das vezes homossexuais) que estes políticos são menos dignos, têm menos moralidade ou são menos verticais pelo simpes facto de serem homossexuais? Ou, indo ainda mais longe, pensarão estas pessoas que um homossexual não pode, sob pena de incoerência crassa, defender políticas de direita, ideias conservadoras ou qualquer outro tipo de ideias, sejam elas quais forem?

Serve o que afirmo para salientar que a homossexualidade não tem implicita uma perfilhação política ou ideológica e muito menos reduz a moralidade ou dignidade seja de quem for, por isso, não caíamos na tentação de acusar de incoerentes homossexuais que, simplesmente, não transformam a sua orientação sexual em causa política e tiremos de uma vez por todas o "mas" da boca antes de nos referimos à homossexualidade de uma figura pública, guardando-o antes para as suas atitudes menos felizes, menos dignas ou efectivamente menos morais.

Comentários: Enviar um comentário


Links to this post:

Criar uma hiperligação

Somos altos, baixos, magros, gordinhos, extrovertidos, introvertidos, religiosos, ateus, conservadores, liberais, ricos, pobres, famosos, comuns, brancos, negros... Só uma diferença : amamos pessoas do mesmo sexo. Campanha Digital contra o Preconceito a Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros. O Respeito ao Próximo em Primeiro Lugar. Copyright: v.


      
Marriage is love.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

referer referrer referers referrers http_referer