.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>

quarta-feira, 19 de novembro de 2003

Um Natal diferente 


Há dias, recebi através da mailing-list do Clube Safo este e-mail, que foi enviado pela Marita Ferreira e que contém a descrição de uma iniciativa da Ana Zanatti. Resolvi transcrevê-lo aqui no blog para que todos os que nos lêem possam, desta forma, tomar conhecimento e participar activamente nela.

"Queridos amigos,

Depois de muitos natais a reflectir sobre o assunto, decidi dar início ao movimento "De um amigo para outro amigo", um sonho que para se tornar real depende da vossa adesão.

O verdadeiro espírito de Natal desvirtua-se ano após ano. A sociedade de consumo foi habilmente arquitectada para alimentar uma engrenagem poderosa e ilusoriamente suporte de bem-estar e felicidade.

Sobretudo no Natal, somos induzidos através dos media até à nossa caixa do correio, à compra de presentes, quantas vezes inúteis e supérfluos, que nenhuma felicidade vão levar a quem os damos. Dar presentes no Natal é uma tradição que seria interessante manter especialmente com as crianças, oferecendo-lhes qualquer coisa que lhes desenvolva a criatividade, a sensibilidade e lhes dá verdadeira alegria em vez de mais um das dezenas de brinquedos que as vejo desembrulhar e atirar para o monte dos que nunca irão ser usados. Quanto a nós, adultos, que temos a sorte de fazer parte do grupo dos que não esperam a caridade natalícia para resolver problemas de sobrevivência, o que damos ou recebemos de familiares e amigos, pouco ou nada acrescenta à nossa vida, nem é garante ou prova de maior amor ou amizade. Basta-nos um gesto simbólico, não acham?

Há, no entanto, muita gente que precisa, não só de provas de amor como de ajuda financeira para poder viver com mais dignidade e conforto. Gente para quem um presente de Natal colectivo, poderá significar um apoio decisivo na resolução de inúmeras carências.

São essas, quanto a mim, as pessoas para quem deveriam convergir os presentes da campanha "De um amigo para outro amigo" que se processará da seguinte forma:

1. Escolha anual de uma instituição que necessite e mereça apoio pela acção já desenvolvida.

2. Contactar a instituição a fim de saber qual a prioridade nesse ano para a angariação de fundos. Exemplos: Um elevador, cadeiras de rodas, uma ambulância, camas articuladas, montagem de novos espaços, obras em instalações etc..

3. Obter o NIB da conta bancária que a instituição abrirá para esse fim.

4. Contactar todos os amigos com quem habitualmente trocamos presentes no Natal, lembrando que temos um ano inteiro para demonstrar a nossa amizade e o dia do aniversário para trocarmos um presente. Assim, passaríamos daqui em diante a partilhar juntos a alegria de contribuir com o valor dos presentes de que abdicaríamos, para o bem de quem mais precisa.

5. Passar esta mensagem ao maior número de pessoas, por carta, fax, e-mail, telefone, etc.

6. Transferir o valor destinado à compra de presentes para os amigos que adiram ao movimento para a conta bancária da instituição.

7. Aguardar a informação fornecida pela instituição sobre os resultados finais da nossa acção que serás em princípio publicada na Internet no final do mês de Janeiro seguinte.

8. A minha proposta para o Natal de 2003 é a angariação de fundos para o equipamento das novas instalações da Associação Portuguesa dos Familiares e Amigos dos Doentes de Alzheimer (APFADA), que lhe foram cedidas pela Câmara Municipal de Lisboa há 3 anos e agora ampliadas. A APFADA acaba de receber da Câmara de Cascais, um terreno para construção de um centro de dia e Lar para o qual estão também a angariar fundos e todo o tipo de ajuda.

Já agora, informo que todos os anos a APFADA promove uma venda de Natal que este ano será na R. da Prata, 155/159 em Lisboa, a iniciar já a 17 de Novembro, com objectos oferecidos pelos amigos da Associação, desde livros que já não queiram, a bibelots, quadros, roupa, etc.."


NIB da APFADA - 003502590000025033008

Se algum de vós aderir a esta iniciativa ficarei muito, muito feliz. Será a prova de que este blog tem alguma actividade social.

Um abraço e obrigada.

Comentários: Enviar um comentário


Links to this post:

Criar uma hiperligação

Somos altos, baixos, magros, gordinhos, extrovertidos, introvertidos, religiosos, ateus, conservadores, liberais, ricos, pobres, famosos, comuns, brancos, negros... Só uma diferença : amamos pessoas do mesmo sexo. Campanha Digital contra o Preconceito a Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros. O Respeito ao Próximo em Primeiro Lugar. Copyright: v.


      
Marriage is love.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

referer referrer referers referrers http_referer