.comment-link {margin-left:.6em;} <$BlogRSDUrl$>

quarta-feira, 15 de outubro de 2003

Leucemia: e a ajuda aqui tão perto! 


Foi hoje o dia em que conheci a morte!... Hoje, dia 15 de Outubro de um ano, que, apesar de já lá ir, a memória jamais apagará…
A notícia da morte veio de rompante, como de rompante veio a notícia da doença: “o tio está com cancro”… “o tio morreu”… Assim, tudo de repente, sem que alguém pudesse fazer alguma coisa, sem que alguém tivesse tempo de perceber alguma coisa.

É impossível assistirmos à morte de alguém que nos é próximo e nada mudar dentro de nós. A morte aproxima-nos da vida, faz-nos amar com mais força, viver com mais entusiasmo e relativizar todos os males, porque percebemos que os dias não são eternos e as horas são demasiado escassas para que as desperdicemos com problematizações…
Além disso, a morte aproxima-nos das pessoas: das que morrem, na memória que não se apaga e das que vivem, no desejo de que vivam o mais e o melhor possível.
Aumenta também em nós o desejo de agir, de ajudar, de tentar compreender o que podemos fazer para que não volte a acontecer algo igual, tão de repente, tão incompreensivelmente…

… Faz hoje anos que o meu tio morreu de cancro. Coincidência ou não (a Margarida Rebelo Pinto diria que não!) é hoje o dia em que a blogosfera, por iniciativa da Ana Anes, se une numa corrente de solidariedade por todos aqueles (e pode mesmo ser qualquer um de nós) que são afectados por um tipo de cancro específico: a leucemia.

Confesso que não costumo acreditar em correntes de solidariedade do estilo: vista branco por Timor, acenda uma vela pelo Iraque ou escreva um texto sobre não sei o quê… Mas desta vez, se não serviu para mais nada, esta corrente serviu para que eu descobrisse que há casos em que sim, efectivamente, podemos fazer alguma coisa! Serviu para que eu compreendesse como é tão simples, doando um pouco de nós, doarmos uma vida nova!
Afinal, não custa nada e pode valer tanto!

P.S. - A nossa pequena "discussão" do post anterior continuará dentro de momentos!


Comentários: Enviar um comentário


Links to this post:

Criar uma hiperligação

Somos altos, baixos, magros, gordinhos, extrovertidos, introvertidos, religiosos, ateus, conservadores, liberais, ricos, pobres, famosos, comuns, brancos, negros... Só uma diferença : amamos pessoas do mesmo sexo. Campanha Digital contra o Preconceito a Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgéneros. O Respeito ao Próximo em Primeiro Lugar. Copyright: v.


      
Marriage is love.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

referer referrer referers referrers http_referer